Rebelião na Fundação Casa é controlada e reféns são liberados

  • Por Jovem Pan com Agência Brasil
  • 14/05/2015 16h30
SÃO PAULO,SP,14.05.2015:REBELIÃO-FUNDAÇÃO-CASA-LEOPOLDINA - Adolescentes infratores realizam um tumulto na Fundação Casa, na unidade da Vila Leopoldina, na zona leste de São Paulo (SP), nesta quinta-feira (14). Há fogo no pátio e o Corpo de Bombeiros foi para o local. (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Folhapress)Rebelião na Fundação Casa de SP

Durou cerca de três horas, a rebelião feita por adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação na unidade Vila Leopoldina da Fundação Casa, na zona oeste de São Paulo. O motim teve início por volta das 13h e foi controlado às 14h50, informou o órgão. Durante o tumulto, 14 funcionários foram feitos reféns e quatro tiveram ferimentos leves.

A negociação com os adolescentes foi feita pela Superintendência de Segurança da fundação e, agora, a corregedoria apurará as circunstâncias da rebelião por meio de sindicância. O órgão não informou se foram apresentadas reivindicações pelos internos ou os motivos do motim. Os adolescentes envolvidos devem passar por uma Comissão de Avaliação Disciplinar.

O Corpo de Bombeiros esteve no local com cinco viaturas para controlar o fogo que foi colocado nos colchões. Além disso, a fundação informou que móveis foram quebrados na ação. A Polícia Militar também foi chamada, mas, segundo a corporação, apenas ficou apenas na área externa ao centro socioeducativo.

A unidade Vila Leopoldina tem capacidade para atender até 150 adolescentes e, atualmente, tem 101 jovens, segundo a entidade. A Agência Brasil informou, inicialmente, que a capacidade do centro era 122 internos, conforme consta no site da Fundação Casa. A assessoria de imprensa informou que este número foi ampliado em 15% após solicitação do órgão à Justiça.

*Ouça as informações do repórter Victor LaRegina