Receita do setor serviços cresce em 8,5% em 2013

  • Por Agencia EFE
  • 19/02/2014 14h02

Rio de Janeiro, 19 fev (EFE).- A receita do setor de serviços cresceu 8,5% em 2013 no Brasil, abaixo da expansão de 10% registrada em 2012, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Este crescimento, que ainda não leva em conta a inflação do período, refletiu a desaceleração em um setor que é responsável por cerca de 60% do Produto Interno Bruto (PIB).

De acordo com o organismo, os segmentos do setor de serviços que tiveram as maiores altas no ano passado foi transportes e correios (10,8%), especialmente pelo transporte aquático (18%), aéreo (16,8%) e terrestre (10,7%).

Também se destacou a receita das empresas que oferecem serviços às famílias (10,2%), especialmente alojamento e alimentação (10,6%).

A desaceleração registrada pelo setor de serviços no ano passado confirma a previsão de que o Brasil cresceu abaixo das expectativas em 2013.

O dado oficial do crescimento no ano passado será divulgado na próxima semana pelo IBGE, mas os analistas vêm reduzindo suas previsões e esperam uma expansão abaixo de 2%.

Caso isto se confirme, seria um crescimento superior a 2012 mas muito inferior ao esperado inicialmente pelo governo, que chegou a projetar um crescimento de 4,5% para 2013.

Após haver registrado uma expansão de 7,5% em 2010, o crescimento da economia brasileira foi de 2,7% em 2011 e de apenas 1% em 2012. EFE