Roberto Jefferson é preso em sua casa em município do Rio de Janeiro

  • Por Agência EFE
  • 24/02/2014 14h23
RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 13-08-2012, 17h00: O presidente do PTB, Roberto Jefferson, assiste ao seu julgamento no caso do Mensalao em seu apartamento na Barra da Tijuca. Debilitado pelo cancer no pancreas ele avaliou como excelente a defesa de seu advogado . (Foto: Carlos Cecconello/Folhapress, COTIDIANO)Roberto Jefferson tem prisão ordenada

O ex-deputado Roberto Jefferson, que em 2005 denunciou o esquema do mensalão e foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a cumprir pena de sete anos, recebeu nesta segunda-feira em sua casa mandato de prisão e se entregou para a polícia.

Jefferson foi um dos 25 políticos e empresários condenados no julgamento do caso. O STF determinou a prisão do ex-presidente do PTB na sexta-feira, mas o mandato com a ordem de detenção só chegou no final da manhã de hoje em mãos da Polícia Federal (PF).

O ex-deputado se encontrava em sua casa no município de Comendador Levy Gasparian, no estado do Rio de Janeiro, e foi levado para a superintendência da PF na capital.

Jefferson, que confessou ter se beneficiado do esquema do mensalão, foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Após o STF determinar a prisão, agentes da PF foram para a frente da casa do ex-deputado esperar a chegada do mandato. Comendador Levy Gasparian fica a 135 quilômetros do Rio de Janeiro.

Após ser levado para as dependências da PF, Jefferson, que desde o início do ano sofre com um câncer de pâncreas, será transferido para a prisão onde cumprirá sua pena.

Com a detenção de Roberto Jefferson, o STF já ordenou a prisão de 20 dos réus do julgamento do mensalão, entre eles o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e o ex-presidente do PT José Genoino.

Até o momento, todos se apresentaram voluntariamente, com exceção do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado a doze anos de prisão, que fugiu do país e foi detido na Itália há duas semanas.