Roubos de carga em SP apresentam queda de 19,5% em julho

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2015 11h52
Polícia de São Paulo prende quadrilha especializada no roubo de cargas e recupera máquinas de café

Casos de roubo de carga no Estado de São Paulo apresentam queda de 19,5% em julho e tem recuo pelo terceiro mês consecutivo.

De acordo com levantamento da Secretaria de Segurança Pública, foram 590 ocorrências no mês passado contra 733 em julho de 2014. Na capital paulista, a redução foi ainda maior e ficou em 21,16%, com 339 casos de roubos.

O secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, afirmou a Anderson Costa que a carga mais visada pelos criminosos ainda é a de alimentos.

“Mais da metade do roubo a carga, 57% é roubo de alimentos, enquanto o grande volume financeiro é de eletroeletrônicos. O roubo de medicamentos é mais estável, não vem aumentando. O medicamento tarja preta é mais interceptado”, disse.

A Secretaria de Segurança Pública firmou um convênio com as empresas para tentar reduzir ainda mais os casos de roubos de carga.

O presidente do Setcesp, Manoel Souza Lima Júnior, destacou que 15% do faturamento das empresas é destinado a questões de segurança.

“Em 2013 tivemos R$ 1 bilhão em roubo de carga no Brasil, 50% disso no Estado de SP. Isso, fruto de 15 mil roubos no Brasil, 7.500 no Estado de SP. Então, esta ação, vem de encontro aos nossos anseios, porque temos a tecnologia ao nosso favor. Nosso setor chega a investir 15% do faturamento bruti na tecnologia do roubo de carga”, explicou.

A parceria prevê que as empresas compartilhem os sistemas de imagens e de dados próprios com a Secretaria de Segurança Pública.

O total de casos de roubo de carga no Estado neste ano é 0,38% menor do que o registrado de janeiro a julho de 2014.