Santos enfrenta ressaca e Vale do Ribeira sofre inundação

  • Por Estadão Conteúdo
  • 22/08/2016 08h32
Santos ressaca

Um vendaval e uma forte ressaca atingiram o litoral de São Paulo no último domingo, 21. Ondas de 1,6 metro chegaram às praias de Santos, onde houve inundação de garagens de prédios na Avenida Bartolomeu de Gusmão, na orla. A travessia de balsas entre Santos e Guarujá chegou a ser interrompida por duas vezes. Em São Sebastião, no litoral norte, a tarvessia entre a cidade e a Ilhabela foi suspensa durante todo o domingo.

As rajadas de vento atingiram 40km/h na região, segundo a Base Aérea de Santos. Árvores foram derrubadas, mas não há informações sobre feridos. 

No Vale do Ribeira, na região sul do Estado, houve temporal entre a noite de sábado, 20, e na madrugada de domingo, causando rápida elevação nas águas do Rio Ribeira de Iguape. Ao menos 150 pessoas já estavam desabrigadas no fim da tarde nos municípios de Ribeira e Eldorado, mas havia áreas alagadas também em Iporanga e Sete Barras. Em Registro, o alerta de enchente levou ribeirinhos a deixarem suas casas e buscarem abrigo em casas de parentes. 

Após dois meses de estiagem, as chuvas recuperaram o nível dos rios que abastecem as regiões de Sorocaba, Campinas e Piracicaba. A mudança no tempo também acabou com as queimadas, que castigaram a área nos últimos meses. No domingo, turistas ainda ocuparam o mirante e a passarela do Engenho Central, sobre o Rio Piracicaba, para apreciar o aumento no volume de água na cachoeira. 

Sul

Os primeiros flocos de neve caíram sobre a Serra Catarinense no sábado. Boa notícia para os turistas, que ocuparam 95% dos 6 mil leitos disponíveis nas sete principais cidades da região nesse fim de semana. 

A frente fria, porém, ajudou a formar instabilidade, com temporais e rajadas de vento de 113 km/h, registradas no Morro da Igreja, na cidade de Urubici. 

SP

O paulistano enfrentará frio nesta semana. A temperatura mínima deve chegar a 7 graus na próxima terça-feira, 23, em São Paulo, segundo a Climatempo.