São Paulo recebe propostas para construir nova serra da Tamoios

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2014 13h21

O governo de São Paulo recebeu cinco propostas de empresas interessadas em construir a nova serra da Tamoios por meio de parceria público privada. O vencedor deve ser anunciado dentro de dois meses e o esforço é para começar a obra no segundo semestre de 2014 com duração de quatro anos.

A construção, complexa, em área de preservação ambiental, nos moldes da Imigrantes, terá um túnel de quase quatro quilômetros. A diretora da Artesp, agência reguladora das rodovias de São Paulo, Karla Bertocco, afirmou que a nova serra atenderá ao tráfego de subida da Tamoios.

*Ouça os detalhes no áudio

A diretora da Artesp se diz satisfeita com o número de empresas interessadas em construir a nova serra da Tamoios, orçada em 2 bilhões de reais.Falando a Thiago Uberreich, o especialista em transportes, Josef Barat, considerou o modelo de parceria público privada o melhor formato para a obra.

Barat, que coordena o núcleo de estudos urbanos da Associação Comercial de São Paulo, defendeu ainda o investimento na ferrovia. O consórcio que vencer a licitação da nova serra da Tamoios terá direito de explorar as futuras três praças de pedágio.

O trecho de planalto já foi duplicado e estão em obras os contornos de Caraguatatuba e São Sebastião. As novas estradas no litoral norte vão servir como alternativa ao tráfego local das duas cidades, depois que o motorista desce a serra.