Coronavírus provavelmente se tornará endêmico, diz OMS

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2020 17h43 - Atualizado em 14/05/2020 07h25
EFE/EPA/ERIK S. LESSERCoronavírus deve se tornar endêmico no mundo, segundo a OMS

O diretor-executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou nesta quarta-feira (13) que o novo coronavírus provavelmente não será erradicado pela humanidade e deve se tornar endêmico.

“Com tratamentos corretos, pode se tornar um vírus que não provoca mais pânico. Mas no momento é um patógeno novo, chegando aos humanos pela primeira vez, e é impossível estimar por quanto tempo ele ficará entre nós”, afirmou Ryan em entrevista em Genebra, na Suíça.

O executivo ainda disse que a criação de uma vacina contra a Covid-19 não significa que a doença será erradicada. “Vejam quantas doenças poderíamos ter eliminado com vacinas eficazes, como a do sarampo, e não o fizemos. Podemos até descobrir, produzir e entregar, mas as pessoas precisam também tomar as vacinas”, salientou. Até hoje, a varíola é a única doença erradicada em todo o mundo.

Caso isso aconteça, o novo coronavírus pode ser como o HIV, vírus que causa a Aids. O vírus foi identificado no começo da década de 1980 e circula até hoje. Apesar da Aids ser tratável, a doença ainda não tem cura. No Brasil, doenças como febre amarela e dengue também são endêmicas.

Também nesta quarta, a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan, descartou a possibilidade do novo coronavírus ser controlado em breve. Ela acredita que isso pode demorar até cinco anos.

Para Swaminathan, o controle do novo coronavírus vai depender da produção de uma vacina e das mutações que o vírus sofrer. Ela disse que “não há bola de cristal” para prever o que vai acontecer no futuro e não descartou uma piora da pandemia.