Secretário dos Transportes diz que metroviários já têm 10% de reajuste

  • Por Jovem Pan
  • 05/06/2014 09h05
SÃO PAULO,SP,04.06.2014:METROVIÁRIOS-ASSEMBLEIA - Assembleia de Metroviários para definir os rumos da campanha salarial 2014, no Sindicato dos Metroviários em São Paulo (SP), nesta quarta-feira (04). Os integrantes presentes decidiram uma possível greve da categoria. (Foto: Paulo Lopes/Futura Press/Folhapress)Sindicatos confirmam greve para esta quinta-feira

O secretário dos Transportes de São Paulo, Jurandir Fernandes, disse nesta quinta-feira (05), em entrevista à JOVEM PAN, que na reunião marcada para hoje à tarde com os representantes dos funcionários do Metrô o governo vai insistir em mostrar que os dois dígitos de reajuste pedidos pelos sindicalistas já foram dados.

“(…) Nós vamos pedir para que o sindicato seja claro, transparente e mostre para a categoria que os 10% já foram dados. (…) 8,7% de ticket refeição, mais aumento de 17% na cesta básica”, afirmou. Fernandes disse ainda, no Jornal da Manhã, que o reajuste, então, estaria em torno 10,6%.

“Essa greve estava assinalada para nós desde o começo do ano, tanto é que temos isso documento, afirmou o secretário. Ele revelou também que o governo já trabalhava para evitar a paralisação desde novembro 2013, quando foi solicitado junto ao sindicato a antecipação da pauta de reivindicações para fevereiro.

Quebra-quebra

Questionado sobre confusão na estação Corinthians/Itaquera nesta manhã, o secretário Jurandir Fernandes negou que passageiros tenham se exaltado com a estação fechada por falta de trens em operação. Fernandes explicou que houve um acumulo muito grande e foi aumentando conforme o tempo passava, o que poderia ocasionar em uma invasão.

Com isso, foi necessário abrir a estação para evitar transtornos maiores, segundo o repórter JOVEM PAN Carlos Aros.