Secretário-geral da ONU pede ações sustentáveis no Dia da Terra

  • Por Agencia EFE
  • 21/04/2015 21h13

Nações Unidas, 21 abr (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta terça-feira que as pessoas atuem de maneira sustentável e sejam conscientes “das consequências que nossas decisões têm sobre o planeta” em sua mensagem para o Dia Internacional da Mãe Terra, celebrado amanhã.

“Nem todos temos como agir de maneira sustentável, mas os que temos essa possibilidade podemos transformar o mundo, entre os bilhões de pessoas que somos, com simples decisões como optar por lâmpadas de baixo consumo ou comprar apenas o que vamos consumir”, comentou.

Segundo Ban, o ano de 2015 “brinda uma oportunidade” para consertar os estragos que a humanidade causou no passado como a poluição, a progressiva escassez de recursos e a extinção de espécies da flora e fauna.

“Neste ano, o mundo se propõe a acabar de definir a agenda para o desenvolvimento sustentável após 2015 e concertar um novo acordo universal sobre a mudança climática que seja construtivo”, lembrou.

O secretário-geral considerou que estes acordos internacionais “poderiam encaminhar-nos rumo a um futuro melhor” ao “erradicar a pobreza extrema em todas suas formas” e “redefinir nossa relação com o planeta e todos e cada um dos seres vivos que o habitam”.

Por este motivo, Ban vê 2015 como a oportunidade de estabelecer um “marco decisivo na história da humanidade”.

“Pode ser o ano que nossos filhos e netos lembrem como o momento em que decidimos construir um futuro sustentável e resistente, tanto para a Mãe Terra como para todos aqueles que o desenvolvimento deixou atrasados até agora”, acrescentou.

No princípio de sua mensagem, Ban refletiu sobre o significado da palavra “mãe” e comparou a Terra com a figura maternal, porque é “um planeta assombroso que desde tempos imemoráveis sustentou a vida em uma miríade de formas”.

“A mudança começa conosco”, ressaltou. EFE