Seguradoras declaram como catástrofe incêndios do sul da Austrália

  • Por Agencia EFE
  • 05/01/2015 00h49

Sydney (Austrália), 5 jan (EFE).- As seguradoras declararam nesta segunda-feira como catástrofe os incêndios que desde sexta-feira passada já destruíram no sul da Austrália pelo menos 13 casas e arrasaram mais de 12 mil hectares de terreno.

A medida adotada pelo Conselho de Seguradoras da Austrália permitirá dar prioridade aos donos das 13 casas queimadas, um número que foi confirmado pela Polícia do estado da Austrália do Sul, embora se espere que supere 30 imóveis.

As equipes especializadas lutam contra o tempo para avaliar os danos causados pelos incêndios em Adelaide Hill, enquanto os bombeiros se preparam para enfrentar uma deterioração das condições meteorológicas previstas para a próxima quarta-feira, segundo a emissora local “ABC”.

“Hoje esperamos utilizar grandes tanques aéreos procedentes de Victoria (estado vizinho) para lançar 11 enormes cargas (de água) na frente dos incêndios”, disse o presidente do estado da Austrália do Sul, Jay Weatherill.

O governo da Austrália também anunciou que oferecerá ajuda financeira às pessoas afetadas pelos incêndios da Austrália do Sul, especialmente aos causados em Sampson Flat, acrescentou a “ABC”.

As altas temperaturas durante o verão austral contribuíram nos últimos anos para um aumento dos incêndios na Austrália, uma situação que os cientistas vinculam em parte ao aquecimento global causado pela mudança climática. EFE