Senegal registra primeiro caso de ebola

  • Por Agencia EFE
  • 29/08/2014 11h23

Dacar, 29 ago (EFE).- O governo do Senegal informou nesta sexta-feira que foi registrado o primeiro caso do vírus ebola no país, doença que já deixou 1.552 mortos na África Ocidental.

O infectado é um estudante de Guiné de 21 anos que viajou recentemente ao Senegal e esteve em contato com pessoas contaminadas, explicou em entrevista coletiva a ministra de Saúde, Awa Marie Coll Seck.

Ao perceber que estava com sintomas do ebola, o jovem foi a um hospital em Dacar, onde os testes realizados confirmaram que se tratava da doença.

O paciente foi colocado em quarentena e sua situação é estável, disse a ministra. O governo de Senegal afirmou que a Organização Mundial da Saúde (OMS) já foi informada sobre o caso.

A ministra pediu calma aos senegaleses. O país decidiu fechar em 21 de agosto suas fronteiras com Guiné, onde pelo menos 430 pessoas morreram desde o início do atual surto de ebola, em março.

Esta não é a primeira vez que o Senegal fecha suas fronteiras com o país vizinho para evitar a propagação do vírus, medida que também adotou em 29 de março e 6 de maio.

O vírus, que também afeta Serra Leoa, Libéria e Nigéria, contaminou até o momento 3.069 pessoas, das quais 1.552 morreram, segundo o último informe da OMS.

O ebola, transmitido por contato direto com o sangue e fluidos corporais de pessoas ou animais infectados, causa hemorragias graves e pode ter uma taxa de mortalidade de 90%.

Esta é a primeira vez que ocorre uma epidemia de ebola na África Ocidental, que até agora tinha sido registrada apenas na África Central. EFE