Sérgio Cabral anuncia o uso de forças armadas em Conjunto de Favelas da Maré

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2014 14h17
RIO DE JANEIRO,RJ,24.03.2014:MINISTRO JUSTIÇA/SEGURANÇA RJ/REUNIÃO - O governador Sergio Cabral, durante entrevista coletiva após reunião com o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, a cúpula da Segurança do Estado do RJ e do Governo Federal, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na Rua Carmo Neto, na Cidade Nova no Rio de Janeiro, RJ, na manhã desta segunda-feira (24). (Foto: Ale Silva/Futura Press/Folhapress)Sérgio Cabral anuncia o uso de forças armadas

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, anunciou nesta segunda-feira que as forças armadas vão ocupar em breve o conjunto de Favelas da Maré, na zona norte da Capital Fluminense.

A região é uma espécie de cartão de visita da cidade maravilhosa, devido à sua proximidade do aeroporto Antônio Carlos Jobim. Por ali também passam duas das principais vias expressas do Rio: as Linhas Amarela e Vermelha.

O número de homens das forças armadas que serão empregados nessa ocupação ainda não foi revelado.

Trata-se de uma preparação do terreno para a futura implantação de uma polícia pacificadora no conjunto de favelas da Maré.

Segundo o repórter da Jovem Pan, Rodrigo Viga, dois detalhes chamam a atenção no caso. Primeiro, a ausência de participantes da facção criminosa que ordenou ataques às bases das UPP´s nos últimos dias. Além disso, já existe um batalhão específico da PM para atuar na região, mas as autoridades decidiram convocar as tropas federais para intervier na comunidade.