Setor de eletroeletrônicos não se anima nem com a previsão de vendas para a Copa

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2014 12h27

Nem mesmo a expectativa de aumento nas vendas de televisores durante a Copa do Mundo animou os empresários do setor de eletroeletrônicos. Levantamento feito pela Abinee mostrou que 58% do associados acreditam em prejuízos na linha de produção no período do Mundial.

Além disso, o setor não apresenta bom desempenho este ano e a criação de “feriados” ao longo dos 30 dias de jogos pode prejudicar os negócios. O presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica, Humberto Barbato, disse que até a venda de televisores está decepcionando.

*Ouça os detalhes no áudio

Outro setor que não vem apresentando entusiasmo com a Copa do Mundo é o da micro e pequena indústria. Em entrevista ao repórter Patrick Santos, o presidente do Simpi, Joseph Cury, apostou que o evento trará mais prejuízos do que lucros.

Um dos problemas que vem preocupando os micro e pequenos empresários paulistas é a dificuldade de crédito. Para este ano, o Simpi, Sindicato da Micro e Pequena Indústria de São Paulo, prevê crescimento de apenas 1% no faturamento.