Sharon será enterrado na 2ª feira em propriedade rural, diz TV

  • Por Agencia EFE
  • 11/01/2014 14h45

Jerusalém, 11 jan (EFE).- O ex-primeiro-ministro israelense Ariel Sharon será enterrado na segunda-feira em cerimônia privada no rancho no qual vivia no sul de Israel, e no qual está sepultada também sua mulher, Lili, informou neste sábado o “Canal 1” da televisão israelense.

Os detalhes do enterro de Sharon serão revelados hoje depois de uma reunião ministerial, mas a imprensa local garante que será no rancho Havat Shikmim, e não na área para líderes políticos e militares israelenses no cemitério militar de Jerusalém.

Situado no Neguev meridional, ao sul da Faixa de Gaza, o rancho foi o epicentro de sua vida particular e também política, e onde Sharon costumava tomar as decisões mais difíceis.

Israel não tem para estes casos um protocolo oficial, mas segundo o “Canal 1”, os restos mortais do popular ex-mandatário israelense ficarão expostos no domingo na Praça do Parlamento (Knesset) para que a população possa prestar homenagens.

Na segunda-feira de manhã, será realizado no mesmo lugar um ato oficial de homenagem com a participação de líderes políticos locais e internacionais.

Segundo a emissora, está prevista a participação, no funeral de Sharon, do vice-presidente dos EUA, Joe Biden, do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e do enviado especial do Quarteto do Oriente Médio, Tony Blair. EFE