Sobe para 13 o número de mortos no Japão pela grande nevasca do fim de semana

  • Por Agencia EFE
  • 11/02/2014 04h22

Tóquio, 11 fev (EFE).- Um total de 13 pessoas morreram e outras 1,7 mil ficaram feridas no Japão devido à grande nevasca que atingiu a parte oriental do país no último fim de semana, segundo os últimos dados divulgados nesta terça-feira pela emissora pública “NHK”.

A maioria das mortes, que ocorreram em nove Prefeituras do Japão, foram por consequência de acidentes de trânsito e quedas no gelo.

Além disso, segundo a “NHK”, foram registrados 6.155 acidentes de carro causados pelo estado das estradas em 36 províncias afetadas pelas fortes tempestades de neve.

Até ontem, foram contabilizadas 1,8 mil casas que ainda sofriam com cortes de luz nas Prefeituras de Ibaraki, Fukushima e Miyagi (leste).

A nevasca do último sábado, a maior em 20 anos na capital de país e que deixou um acúmulo de neve de 27 centímetros, ocasionou cortes de luz que afetaram 48 mil casas nos arredores de Tóquio, segundo a empresa Tokyo Electric Power (Tepco).

A tempestade causou o cancelamento de centenas de voos durante o fim de semana nos dois aeroportos da capital, afetando dezenas de milhares de passageiros.

Além disso, durante a maior parte do domingo, o aeroporto de Narita permaneceu isolado, já que todos os serviços de ferrovia e ônibus foram cancelados por causa do fechamento de várias estradas e linhas férreas nos seus arredores.

Quase 300 mil passageiros foram afetados pelos atrasos que a nevasca provocou nas linhas do trem bala Tokaido e Sanyo, que ligam Tóquio com a faixa ocidental da ilha de Honshu, a maior do Japão. EFE