Sobe para 16 o número de mortos por inundações e temporais no sul dos EUA

  • Por Agencia EFE
  • 27/05/2015 01h02

Austin (EUA), 26 mai (EFE).- O número de mortes causadas pelas fortes tempestades e inundações que castigaram os estados de Texas e Oklahoma, no sul dos Estados Unidos, nos últimos três dias subiu nesta terça-feira para 16 e, segundo as autoridades, pode aumentar, já que 12 pessoas ainda estão desaparecidas.

Os últimos balanços divulgados pelas autoridades locais indicam que do total de mortes, dez ocorreram no Texas, quatro deles na cidade de Houston, que hoje amanheceu alagada após uma noite de fortes chuvas.

A prefeita dessa cidade, Annise Parker, explicou que cerca de 2,5 mil pessoas abandonaram seus veículos nas estradas pelas inundações e que as autoridades realizaram mais de 500 resgates durante toda a noite.

Além disso, em torno de 4 mil imóveis sofreram danos nessa cidade, a mais povoada do Texas e a quarta maior do país.

No condado de Hays, uma das localidades mais afetadas pelo temporal no Texas, o Escritório de Gestão de Emergências já reportou duas mortes pela cheia do rio Blanco enquanto as equipes de resgate buscam 12 desaparecidos.

Entre esses 12, há uma família cuja casa foi arrastada pela corrente e se chocou contra uma ponte.

O presidente americano, Barack Obama, se comprometeu hoje a enviar recursos federais para atenuar os danos gerados pelas tempestades no Texas, cujo governador, Greg Abbott, já declarou 37 condados como zona de catástrofe no decorrer deste mês.

As autoridades em Oklahoma, por sua vez, reportaram a morte de outras seis pessoas por causa de tornados, tempestades e inundações. EFE