Sobe para 40 o número de mortos em ataques com barris explosivos em Aleppo

  • Por Agencia EFE
  • 12/07/2015 08h47

Cairo, 12 jul (EFE).- O número de mortes nas últimas 24 horas causadas por ataques com barris de explosivos lançados pelas forças do regime da Síria na cidade de Al Bab, no nordeste da província de Aleppo, subiu para 40, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Em comunicado, a ONG explicou que a maioria das vítimas era de civis, entre elas três crianças. Além disso, dezenas de pessoas ficaram feridas.

Barris de explosivos foram lançados por helicópteros também na aldeia próxima de Bazaa e seus arredores, controlados pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Em comunicado anterior, a ONG advertiu que o número de mortes poderia aumentar, já que há dezenas de feridos em situação crítica.

A cidade onde ocorreram os ataques, Al Bab, está sob controle do EI, segundo a ONG, com sede em Londres e que conta com uma rede de ativistas por toda a Síria.

Desde o começo deste ano, 2.634 pessoas, sendo 1.820 civis, morreram na Síria em ataques aéreos de aviões e helicópteros militares do regime, segundo números do Observatório divulgados no começo de maio. EFE