Sociedade deve participar ativamente no combate à impunidade e à corrupção, diz especialista

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2014 08h52

A corrupção e a impunidade podem ser combatidas com informação, conscientização e investigação de atos ilícitos. A sociedade é peça-chave nesse processo, manifestando suas necessidades e cobrando resultados efetivos de quem ocupa cargos eletivos.

Sob esse ponto de vista, a informação se torna ferramenta imprescindível para eliminar a corrupção e a impunidade. Celina Marrone, integrante do Movimento Voto Cosciente, enfatizou que a sociedade deve participar ativamente se quiser colher bons resultados.

*Ouça os detalhes no áudio

O professor titular de Ciência Política da Universidade de São Paulo afirmou que a formação dos jovens é etapa fundamental no combate à corrupção. Em entrevista ao repórter Daniel Lian, José Álvaro Moisés defendeu que o tema se torne parte do sistema de ensino brasileiro.

Moisés explicou que o debate e a conscientização sobre as danos causados pela corrupção deve ser feito antes do ingresso na universidade. Sobre as empresas, a advogada Isabel Franco citou o exemplo norte-americano e disse que as empresas têm que dar respostas e investigar atos ilícitos.

Isabel lembrou que a Lei Anticorrupção ou da Probidade Empresarial ajuda a criar um ambiente de prevenção dentro das empresas. As multinacionais, em geral, possuem programas de conscientização e combate à corrupção, e as empresas brasileiras agora iniciam esse processo.