Sudão do Sul avisa que não libertará detidos por golpe de Estado

  • Por Agencia EFE
  • 05/01/2014 06h40

Adis-Abeba, 5 jan (EFE).- O Governo do Sudão do Sul não libertará presos políticos acusados de motim e de tentativa de golpe de Estado, como solicitaram os rebeldes e a comunidade internacional, advertiu hoje o porta-voz da delegação governamental, Michael Makuei, em Adis-Abeba.

“Não estamos dispostos a negociar como condição prévia o apelo dos rebeldes e da comunidade internacional para libertar os detidos”, afirmou Makuei em entrevista coletiva.

O porta-voz do Executivo sul-sudanês esclareceu que só serão libertados detidos “de acordo com a lei e a constituição”, em um encontro com a imprensa em Adis-Abeba onde se prevê o começo hoje das conversas entre as partes em confronto. EFE