Superintendência do Cade abre processo administrativo contra Correios

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2016 15h21
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01-07-2008: Carteiro trabalha na praça do Correio, centro de São Paulo. Categoria pode entrar em greve amanhã. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress, DINHEIRO)Correios. Funcionário carregando caixa

A Superintendência-Geral do Cade abriu processo administrativo para investigar a conduta dos Correios. A instituição é suspeita de condutas anticompetitivas no mercado brasileiro nos últimos meses.

O processo foi instituído após uma queixa protocolada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Carga de São Paulo e Região. O grupo alega que os Correios estariam cometendo duas ações em desagravo com os preceitos da livre concorrência.

O próximo passo do processo é a notificação da Empresa de Correios e Telégrafos e o estabelecimento de prazo para a defesa ser apresentada. Com os documentos em mão e a análise de campo efetivada, o Tribunal do Cade vai emitir um posicionamento em que definirá se arquiva o caso ou condena o acusado.

A primeira queixa é de que a estatal estaria tentando ampliar o monopólio sobre a entrega de cargas e outros produtos por meio de ações judiciais. A outra irregularidade seria a de cobrar preços mais caros para atender clientes que concorrem com a empresa e outras cifras para não concorrentes.