Tanques turcos atacam comboio de grupo islamita na Síria

  • Por Agencia EFE
  • 29/01/2014 16h37

Istambul, 29 jan (EFE).- Tanques do exército da Turquia dispararam contra um comboio de três veículos na Síria, supostamente pertencentes ao grupo jihadista Estado Islâmico do Iraque e Levante, ligado à Al Qaeda, informou nesta quarta-feira a emissora “CNNTürk”.

O ataque, que ainda não foi confirmado pelo exército turco, destruiu na terça-feira um comboio composto por uma pick-up, um caminhão e um ônibus.

A ação dos tanques turcos aconteceu depois que uma patrulha de fronteira foi alvo de ataque com armas leves vindo da Síria, acrescentou a emissora.

Os militares turcos responderam com artilharia de tanques e metralhadoras pesadas e destruíram os três veículos do grupo islamita.

As baterias da fronteira turcas bombardeiam frequentemente posições sírias ao detectar fogo de artilharia vindo do país vizinho, mas é a primeira vez que se dirige diretamente contra um grupo armado islamita.

O Estado Islâmico do Iraque e Levante é ligado à Al Qaeda, que combate nas fileiras rebeldes na Síria.

Embora esteja vinculado ao grupo terrorista, não é seu ramo reconhecido na Síria. O Estado Islâmico do Iraque e Levante foi anunciado em abril de 2013 e tem sua origem no Estado Islâmico do Iraque, criado em outubro de 2006 da união de várias organizações radicais durante a ocupação americana do território iraquiano.

Em novembro, o líder da Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, insistiu que a Frente al Nusra é a única “filial da Al Qaeda na Síria, dependente do comando central “, e delimitou a atividade do Estado Islâmico do Iraque e Levante unicamente ao território iraquiano. EFE