Conta de presidente do Twitter é hackeada e invasores postam conteúdo nazista

  • Por Jovem Pan
  • 30/08/2019 17h33
ReproduçãoEm comunicado, o Twitter afirmou que "está investigando o que aconteceu"

A conta do criador e presidente do Twitter, Jack Dorsey, foi hackeada na tarde desta sexta-feira (30) por um grupo chamado “The Chuckle Gang”.

Por volta das 17h, os invasores começaram a tuitar termos racistas e nazistas pelo perfil de Dorsey, vinculados a um dispositivo chamado Cloudhopper – uma empresa que o Twitter adquiriu anteriormente para ajudar no serviço de SMS.

Enquanto controlavam a conta de Dorsey, os hackers conectaram um servidor Discord utilizado por eles e pediram às pessoas que participassem. O link para o convite para integrar o servidor não está mais disponível. O Discord é um aplicativo de voz sobre IP proprietário e gratuito, projetado para comunidades de jogos.

“Os tweets estão vindo de uma fonte chamada Cloudhopper. Parece que os hackers estão tweetando via um serviço antigo de SMS”, escreveu um usuário.

Em comunicado, o Twitter falou que já havia sido informado que o perfil de Dorsey foi invadido e que estava investigando o que aconteceu. Ainda não se sabe ao certo como os hackers conseguiram acessar o perfil do presidente.

Suspeita-se que esse grupo é o mesmo que hackeou perfis no Twitter de vários Youtubers e influenciadores na última semana, incluindo o vlogger de beleza James Charles, Shane Dawson e o comediante King Bach.

Em uma das publicações, os invasores retuitaram um comentário que dizia que “os nazistas alemães não haviam feito nada errado”.

Confira: