Submarino e Americanas sofrem ataque virtual e ficam fora do ar

Em comunicado, empresas, que pertencem ao mesmo grupo, afirmaram que não há evidências de que o ataque comprometeu a base de dados

  • Por Jovem Pan
  • 19/02/2022 17h04
MÔNICA ZARATTINI/ ESTADÃO CONTEÚDO Lojas Americanas Servidores de comércio eletrônico das empresas foram desativados de forma preventiva

Usuários que tentavam acessar os sites das empresas Submarino e Americanas relataram dificuldades na manhã deste sábado,19. Por volta das 9h, o site DownDetector, que compila relatos e reclamações de instabilidade, registrou 71 reclamações no Brasil sobre o site do Submarino. A Americanas não é monitorada pela plataforma, mas foi alvo de críticas pelos consumidores nas redes sociais. Por volta do meio dia, o site do Submarino apresentava mensagens de erro enquanto o da Americanas mostrava instabilidade. As duas empresas fazem parte do mesmo grupo, o Americanas S.A.. Em nota, a empresa esclareceu que decidiu suspender de forma preventiva parte dos servidores de comércio virtual após um ataque virtual. Além disso, o grupo diz que não existem evidências de comprometimento da base de dados dos clientes. “(A Americanas S.A.) suspendeu preventivamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste sábado (19/02), assim que identificou risco de acesso não autorizado. Os ambientes foram normalizados às 15h16 do mesmo dia e não há evidência de comprometimento das bases de dados. As lojas físicas não tiveram suas atividades interrompidas e permaneceram operando normalmente”, diz o comunicado.