Uber lança serviço de entrega de comida com veículo autônomo nos EUA

Novidade foi anunciada pela empresa nesta segunda-feira, 16, e, no primeiro momento, ficará disponível apenas para duas cidades da Califórnia

  • Por Jovem Pan
  • 16/05/2022 16h45 - Atualizado em 16/05/2022 16h46
REUTERS/Andrew Kelly Uber Eats Novidade foi anunciada pela empresa durante evento anual de lançamento de novas ferramentas do aplicativo

A Uber anunciou o lançamento de um um serviço piloto de entrega de alimentos com veículos autônomos em duas cidades da Califórnia e afirmou que vai listar estações de carregamento de veículos elétricos em seu aplicativo global para motoristas. Os anúncios foram feitos nesta segunda-feira, 16, e fazem parte do evento anual de produtos da Uber, em que a companhia demonstra as últimas atualizações de seu aplicativo. Os serviços de entrega com carros autônomos e um piloto separado que utiliza robôs que andam pelas calçadas estarão disponíveis para usuários do Uber Eats em Santa Monica e West Hollywood na Califórnia.  O programa envolvendo os carros autônomos está sendo realizado em parceria com a Motional, a joint-venture de tecnologia de direção autônoma entre Hyundai e Aptiv. Ele havia sido anunciado em dezembro, mas foi lançado apenas nesta segunda.

Ainda no evento, a Uber informou que os robôs que percorrem as calçadas serão fornecidos pela Serve Robotics, cisão da empresa de entrega Postmates, que foi adquirida pela Uber em 2020. Os veículos em ambos os serviços são monitorados ativamente por operadores humanos, segundo a Uber, que acrescentou: “Levará algum tempo até que essa tecnologia possa ser operada em escala”. A Uber também informou que irá lançar um mapa com estações de carregamento de veículos elétricos para os motoristas dos Estados Unidos ainda este ano. O serviço deverá ser expandido para outros países nos próximos meses. A empresa também anunciou o lançamento de uma opção para fretamento de ônibus e vans de passageiros atraves de seu aplicativo nos EUA, em colaboração com o serviço US Coachways.

*Com informações da Reuters