Tempestade tropical Danielle se forma diante do litoral leste do México

  • Por EFE
  • 20/06/2016 11h05
Danielle tempestade

O Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA afirmou, nesta segunda-feira (20), que acaba de se formar, diante da costa leste mexicana, uma tempestade tropical batizada de Danielle, a quarta da temporada de furacões no Atlântico, que “tocará a terra” na tarde desta segunda.

O governo mexicano emitiu um aviso de tempestade tropical desde Laguna Verde até Rio Pánuco, no litoral caribenho do país.

O NHC detalhou, em um boletim especial, às 12h GMT (9h de Basília), que Danielle se encontra a cerca de 150 quilômetros de Tuxpan e a 160 quilômetros ao norte-nordeste de Veracruz, no sul do Golfo do México.

A tempestade tropical apresenta ventos máximos sustentados de 65 km/h e se desloca em direção oeste-noroeste, com uma velocidade de translação de 11 km/h.

Seguindo um provável padrão de trajetória, o centro da tormenta se deslocará para o interior mexicano uma vez que toque o litoral “na tarde ou noite de segunda-feira”, embora a maior preocupação para os especialistas seja a intensa chuva que deixará sua passagem em Veracruz, Tamaulipas, San Louis Potosí, Querétaro, Hidalgo e o norte de Puebla, indicou o NHC, com sede em Miami (EUA).

Até o momento, se formaram quatro tormentas de verão na Bacia Atlântica, Alex (que se transformou em furacão), Bonnie, Colin e a atual, Danielle, as duas primeiras formadas antes do começo da temporada de furacões.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA) precisou, na semana passada, que se prevê para este ano a formação de dez a 16 tormentas, das quais entre quatro e oito chegariam a furacões.

O organismo precisou que um entre quatro dos furacões previstos para 2016 serão de categoria maior na escala de intensidade de Saffir-Simpson, em uma projeção máxima de cinco níveis.