Temporal deixa áreas alagadas em vários bairros do Rio

  • Por Agencia Brasil
  • 16/01/2014 22h05

 

Douglas Corrêa
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O temporal que atingiu, no início da noite de hoje (16), vários bairros da capital fluminense deixou ruas alagadas, causou falta de luz e interrupções no trânsito.

A Avenida Radial Oeste, uma das principais ligações do centro com a zona norte da cidade, está interditada na pista em direção à Praça da Bandeira, perto do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, devido a bolsões de água que impedem a passagem de veículos. O tráfego no local está sendo desviado pela Rua São Francisco Xavier.

A chuva também provocou alagamento de trilhos e avaria em um trem, por volta das 19h30, a concessionária MetrôRio informou que a Linha 2 ficou fechada por quase uma hora. O ramal dos trens de Belford Roxo, da SuperVia, também ficou interrompido. O Aeroporto Santos Dumont ficou fechado, mas já foi reaberto para operações de pousos e decolagens.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informou que devido ao elevado índice de chuva registrado nas últimas horas, na capital fluminense, foi acionado preventivamente o Sistema de Alerta e Alarme Comunitário. As sirenes de 21 comunidades foram acionadas, a partir das 19h35, e os moradores orientados por agentes comunitários e da Defesa Civil a se dirigiram aos pontos de apoio distribuídos pelas comunidades.

Um dos protocolos de acionamento dos equipamentos consiste no registro de 40 milímetros (mm) de chuva em uma hora, o que pode deixar a encosta vulnerável a deslizamentos. Na Rocinha, em apenas 15 minutos, foi registrada uma leitura pluviométrica de 32,8 mm.

Antes das sirenes serem acionadas, as lideranças comunitárias treinadas pela Defesa Civil municipal informaram os moradores sobre a possibilidade de evacuação assim que recebessem mensagens nos celulares sobre a situação de risco. Os telefones foram disponibilizados pela prefeitura e compõem o sistema de alerta preventivo. A Defesa Civil utilizou 60 agentes e 17 viaturas na operação.

Os radares meteorológicos da prefeitura registraram chuva muito forte no bairro da Rocinha, em São Conrado (33,8mm); Piedade (28 mm), e Madureira, na zona norte (27,6 mm); Barrinha, na zona oeste (24,2 mm); e Alto da Boa Vista, também na zona norte, (23,4 mm).

De acordo com o Alerta Rio, o município do Rio entrou em Estágio de Alerta, o terceiro nível de preocupação em uma escala até quatro, com previsão de chuva forte nas próximas horas, podendo causar alagamentos e deslizamentos isolados.

 

Edição: Aécio Amado

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil