Temporal provoca morte e paralisa transportes no Reino Unido

  • Por Agencia EFE
  • 12/02/2014 21h22

Londres, 12 fev (EFE).- Milhares de passageiros permanecem dentro de trens na noite desta quarta-feira no Reino Unido devido às interrupções causadas por um temporal que provocou uma morte no sudoeste da Inglaterra.

A estação de Euston, uma das principais de Londres, suspendeu todas as partidas de trens durante a tarde, enquanto a companhia Virgin Trains, que opera rotas de longa distância como a que liga Edimburgo, no País de Gales, à capital britânica, recomendou aos viajantes que cancelem por enquanto qualquer alteração.

Os condados mais afetados pelas interrupções são os de Oxfordshire, Hampshire, Sussex, Kent e Surrey, todos eles no sul da Inglaterra, informou a agência local “PA”.

Os problemas se agravaram durante a tarde por causa de um incêndio na estação de Manchester provocado pela queda de uma árvore, o que afetou as partidas das estações de Londres.

Uma parte da principal linha ferroviária que percorre o oeste do Reino Unido teve tráfego interrompido entre as 7h e as 9h, e milhares de viajantes sofreram com os cancelamentos e atrasos de até cinco horas em seus deslocamentos durante o dia.

Várias estradas permanecem bloqueadas em todo o país devido às inundações ou obstáculos trazidos pelo forte vento, que passou de 160 km/h em algumas regiões.

Em Wiltshire, no sudoeste da Inglaterra, um homem de 70 anos morreu eletrocutado quando tentava retirar uma árvore caída sobre cabos de eletricidade, informou a polícia.

O temporal obrigou, além disso, o cancelamento de duas partidas do Campeonato Inglês de futebol previstas para a noite: Manchester City-Sunderland e Everton-Crystal Palace, ambas devido às preocupações com a segurança dos torcedores. EFE