Terremoto de 4,9 graus Richter atinge várias províncias de Cuba

  • Por Agencia EFE
  • 09/01/2014 23h05

Havana, 9 jan (EFE).- Um tremor de terra com magnitude de 4,9 graus na escala Richter estremeceu nesta quinta-feira várias províncias do leste e do centro de Cuba, informou a Rede de Estações do Serviço Sismológico Nacional da ilha.

O movimento foi registrado às 3h57 (19h57 em Brasília) a 73,7 quilômetros ao nordeste do balneário turístico de Varadero, na província ocidental de Matanzas, e a uma profundidade de 20 quilômetros.

O terremoto durou aproximadamente 30 segundos, indicou a televisão estatal.

Até agora não foram informados danos materiais ou vítimas.

No entando a Agência de Informação Nacional informou que algumas edificações precisaram ser evacuadas algumas edificações em Havana Velha e Marianao da capital cubana, uma região do país onde não são usuais os tremores.

Ele foi sentido em edificações do centro histórico da capital e também na região onde está o Instituto Superior Politécnico “José Antonio Echeverría”, em Marianão.

Este é o segundo terremoto registrado na ilha caribenha em 2014. Em 1º de janeiro o primeiro, de 3,4 graus na escala Richter, abalou a cidade de Chivirico, na província de Santiago de Cuba, 960 quilômetros ao leste de Havana.

De acordo com estatísticas do Centro Nacional de Pesquisas Sismológicas (Cesnais), em 2013 foram 14 os tremores perceptíveis em Cuba, número considerado dentro do comportamento normal para esses eventos naturais no período.

Em Cuba se reportam anualmente entre 20 e 50 sismos de média e moderada intensidade e costumam acontecer com mais frequência na região leste da ilha, e muito raras vezes na zona ocidental. EFE