Theresa May realizará reunião de emergência após incidentes em Londres

  • Por Agência EFE
  • 03/06/2017 21h27
Theresa May realizará reunião de emergência após atentados

A primeira-ministra britânica, Theresa May, convocou para este domingo uma reunião do comitê de emergência Cobra devido aos incidentes violentos ocorridos na noite deste sábado em três áreas de Londres, anunciou Downing Street, sua residência e escritório oficial.

May confirmou que os incidentes são investigados como atos potenciais de terrorismo e que forças policiais armadas especializadas já estão trabalhando nas áreas afetadas.

Um porta-voz da sua residência e escritório oficial destacou que a premiê está sendo informada dos incidentes na capital, ocorridos na London Bridge, onde uma caminhonete atropelou vários pedestres, e no vizinho Boroguh Market, onde ocorreu um ataque com faca.

Além disso, a porta-voz confirmou que a chefe do Executivo presidirá o comitê de emergência, formado pelos principais ministros do gabinete e representantes das forças da ordem e dos serviços de inteligência, para analisar a situação.

Os incidentes aconteceram apenas uma semana depois do atentado terrorista ocorrido em Manchester, no norte da Inglaterra, em que 22 pessoas morreram ao final de um show da cantora Ariana Grande, e quando faltam apenas cinco dias para a realização das eleições gerais britânicas.

Além disso, também aconteceram apenas dois meses depois do atentando terrorista na ponte de Westminster, quando um homem também atropelou transeuntes para depois esfaquear mortalmente um policial que patrulhava o parlamento britânico.

Polícia confirma atos terrorista

A Polícia Metropolitana de Londres (MET) confirmou neste sábado (3) que os incidentes ocorridos na noite deste sábado na London Bridge e no vizinho Borough Market são atos “terroristas”. No entanto, as forças da ordem acrescentaram que o terceiro, registrado no bairro de Vauxhall, ao sul da capital britânica, não está relacionado com os outros dois.