Três morrem e quatro ficam feridos em perseguição na zona oeste de SP

  • Por Estadão Conteúdo
  • 04/09/2016 16h45

Perseguição na Raposo Tavares acabou em três mortes

Perseguição na Raposo Tavares acabou em três mortes - AE

Três suspeitos morreram neste domingo (4) após uma perseguição policial na região do Butantã, zona oeste de São Paulo. Segundo a polícia, o carro onde estava o trio, um Honda Fit roubado, colidiu com um Tucson, na Rodovia Raposo Tavares. Dois suspeitos morreram na hora. A terceira vítima chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública, policiais militares que faziam patrulha pelo local avistaram o carro em alta velocidade e trafegando pela contramão A batida ocorreu durante a perseguição.

Além dos três mortos, outras quatro pessoas ficaram feridas: um quarto suspeito, que está internado no HC sob a custódia da polícia, e os três ocupantes do Tucson, que foram encaminhados ao Hospital Universitário da USP ­ – seguem internados, segundo a SSP, que não informou o estado de saúde das vítimas.

O suspeito que sobreviveu vai responder por homicídio culposo, lesão corporal e receptação.