Trump demite gerente de campanha Corey Lewandowski

  • Por Estadão Conteúdo
  • 20/06/2016 12h56
Corey Lewandowski Donald Trump

O virtual candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, afirmou, nesta segunda-feira, que Corey Lewandowski não é mais o gerente de sua campanha.

“Corey Lewandowski não irá trabalhar mais com a campanha”, disse a porta-voz do empresário. Hope Hicks. “Somos gratos à Corey por seu trabalho duro e sua dedicação”.

O gesto inesperado do virtual candidato republicano á Casa Branca, Donald Trump, acontece após um deslize do empresário nas pesquisas de opinião de voto em relação à sua principal adversária, Hillary Clinton.

Lewandowski trabalhou com Trump durante todas as prévias do Partido Republicano e emergiu do processo como um dos ajudantes mais próximo do bilionário. No entanto, o coordenador também causou controvérsia ao iniciar brigas internas com outros membros da organização da candidatura. Ele também foi acusado por uma jornalista de tê-la agarrado após um evento, na Flórida, em acusação posteriormente descartada pela polícia.

Como gerente de campanha, Lewandowski foi o responsável por deixar “Trump ser Trump”, algo que, com as declarações racistas e xenófobas do empresário, causou grande discordância no Partido Republicado em apoiar o candidato.