Turquia decreta três dias de luto pelo atentado em Ancara

  • Por Agencia Brasil
  • 10/10/2015 12h32
Explosões em Ancara deixaram ao menos 86 mortos na Turquia

O governo conservador turco decidiu decretar três dias de luto nacional, após o atentado terrorista deste sábado (10) em Ancara, que deixou pelo menos 86 mortos e cerca de 200 feridos, anunciou o primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu.

Em entrevista na capital turca, Davutoglu adiantou que o atentado foi cometido provavelmente por dois homens-bomba.

As explosões ocorreram de manhã, perto da principal estação ferroviária de Ancara, onde iria começar uma manifestação pela paz, convocada por movimentos de oposição ao governo.

O atentado foi condenado pelo presidente turco, Recep Erdogan, pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, pelo presidente francês, François Hollande, e pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, que enviaram condolências às famílias das vítimas.

O governo norte-americano também condenou o ataque, que classificou de “horrível”.

As explosões hoje em Ancara estão entre as mais violentas dos últimos 33 anos na Turquia.