Turquia detém 46 estrangeiros que queriam se unir a jihadistas na Síria

  • Por Agencia EFE
  • 12/07/2015 13h06

Ancara, 12 jul (EFE).- A polícia da Turquia deteve desde sexta-feira 46 pessoas, em sua maioria cidadãos do Tadjiquistão, acusados de planejarem atravessar a fronteira com a Síria para lá se juntarem ao grupo terrorista Estado Islâmico, informaram fontes oficiais neste domingo.

O serviço de segurança da província de Ganziatep informou que 25 pessoas, incluindo três menores de idade, que tinham chegado ao país de avião, foram detidas hoje em uma rodoviária.

Na sexta-feira, já tinham sido detidas outras 21 pessoas, suspeitas de integrarem o Estado Islâmico e que planejavam introduzir combatentes estrangeiros no Iraque e na Síria através da Turquia. EFE