Turquia foca no Estado Islâmico como possível autor de ataque

  • Por Agência Estado
  • 12/10/2015 18h04
Milhares de pessoas se manifestam contra a violência em Istambul após atentado na capital da Turquia

As autoridades na Turquia estão focadas no grupo Estado Islâmico como principal suspeito do pior ataque na história do país, que ocorreu neste sábado (10), declarou o primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, nesta segunda-feira (12), com os ânimos ao redor do país fervilhando antes das eleições presidenciais, que ocorrem no mês que vem. 

As investigações estão próximas de identificar um dos dois responsáveis pelo ataque suicida que atingiu uma manifestação pela paz na capital da Turquia, Ancara, disse o primeiro-ministro, indicando que chegou aos prováveis culpados pela primeira vez, dois dias após as explosões que mataram ao menos 97 pessoas e feriram centenas. 

“Desde o primeiro momento, quando analisamos como o incidente ocorreu e a tendência geral, identificamos o Estado Islâmico como prioridade máxima de investigação”, disse Davutoglu em uma entrevista com o canal de notícias NTV. 

Nenhuma organização assumiu a responsabilidade do ataque. O primeiro-ministro afirmou que as autoridades também estão investigando os militantes do grupo de esquerda DHKP-C e o Partido dos Trabalhadores Curdos (PKK), como suspeitos em potencial. Os dois grupos, que estão listados como organizações terroristas pela Turquia e Estados Unidos, condenaram os ataques de sábado. Fonte: Dow Jones Newswires.