Uber e Lyft serão autorizados a pegar passageiros no aeroporto de Los Angeles

  • Por Agencia EFE
  • 26/08/2015 00h18

Los Angeles (EUA.), 25 ago (EFE).- A prefeitura de Los Angeles aprovou nesta terça-feira um projeto de lei que permitirá que empresas como Uber e Lyft peguem passageiros no aeroporto internacional da cidade, que se transformará no maior dos Estados Unidos a aceitar esse tipo de serviço.

A medida foi aprovada com 9 votos a favor e 6 contra em uma sessão na qual vários vereadores mostraram desconfiança sobre as garantias oferecidas pelas companhias, que conectam motoristas particulares a passageiros, e disputam demanda com os táxis.

“É uma grande vitória para os passageiros, que terão mais opções seguras e convenientes para chegarem em suas casas desde o aeroporto”, afirmou o vereador Mike Bonin, que representa o distrito 11, no qual está localizado o terminal.

Os opositores destacaram que existe um duplo padrão para regular as atividades dos motoristas do Uber e do Lyft se comparado às companhias de táxi tradicional, submetidas um controle mais rígido das autoridades locais.

Como parte da nova legislação, os motoristas das duas empresas privadas serão cadastrados e terão suas digitais coletadas para confirmar que não possuem ficha policial. Além disso, Uber e Lyft terão que controlar as ações dos condutores no aeroporto.

Segundo o jornal “Los Angeles Times”, Uber e Lyft poderão começar a pegar passageiros no aeroporto assim que cumprirem as exigências municipais, algo que poderia ocorrer em poucas semanas. Até o momento, as companhias só podiam levar os clientes até o terminal.

O aeroporto internacional de Los Angeles é o segundo mais importante do país em número de viajantes, só superado pelo Hartsfield-Jackson, em Atlanta, e o quinto do mundo. No entanto, carece de serviços de trem e de metrô.

Na Califórnia, Uber e Lyft já são autorizados a pegar passageiros nos aeroportos de cidades como San Francisco e San Diego. EFE