UE anuncia US$ 6,8 milhões em ajuda adicional para Haiti combater cólera

  • Por Agencia EFE
  • 19/06/2014 21h05

Porto Príncipe, 19 jun (EFE).- A União Europeia (UE) doará US$ 6,8 milhões adicionais para ajudar na batalha contra o cólera e cobrir outras necessidades humanitárias no Haiti, fazendo a assistência programada para 2014 ultrapassar os US$ 32 milhões, informaram fontes diplomáticas nesta quinta-feira.

“Estes fundos devem ser uma contribuição significativa aos esforços de apoio às pessoas vulneráveis nos acampamentos e no controle da epidemia de cólera” no país caribenho, explicou Nicolas Louis, diretor da ECHO, organização responsável pela ajuda humanitária e pela proteção civil da Comissão Europeia.

A informação foi confirmada também pelo embaixador da UE no Haiti, Javier Niño Pérez.

A UE continua sendo extremamente atenciosa para a temporada de chuvas, propícia para o ressurgimento da cólera, apontou Louis, que também disse esperar um rápido desaparecimento dessa epidemia.

Desde a aparição da cólera no Haiti, em outubro de 2010, foram registradas 8.559 mortes e 702.944 casos suspeitos. 137 mil pessoas deslocadas vivem em 243 acampamentos, particularmente em Porto Príncipe.

As más condições sanitárias contribuem para uma propagação de doenças transmitidas pela água, como a cólera nos acampamentos, enquanto a epidemia da febre chikungunya progride, alertou um boletim do escritório da ONU para Assuntos Humanitários (OCAH) no Haiti. EFE