UE reafirma compromisso com liberdade de expressão em dia comemorativo

  • Por Agencia EFE
  • 03/05/2015 13h13

Bruxelas, 3 mai (EFE).- A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, reafirmou neste domingo o compromisso da União Europeia (UE) a favor da liberdade de expressão e rendeu tributo a todos os jornalistas que perderam a vida ou foram vítimas de injustiças no exercício de sua profissão.

“Reafirmamos nosso compromisso para promover e proteger a liberdade de expressão e de meios de comunicação no mundo todo e de continuar impulsionando a segurança dos jornalistas e outros trabalhadores da imprensa”, disse Mogherini em comunicado, por causa do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

“Meios livres, diversos e independentes são essenciais em qualquer sociedade democrática, porque sem a liberdade de expressão e sem meios de comunicação, é impossível uma cidadania informada, ativa e comprometida”, disse a Alta Representante da UE.

Por isso, acrescentou Federica, “a liberdade de imprensa é um pilar de qualquer sociedade, tem que ser promovida”.

A UE “rende tributo a todos os jornalistas e profissionais dos meios de comunicação que perderam a vida, foram presos ou sofreram outras consequências injustas por exercer seu direito à liberdade de expressão”, disse Mogherini.

Federica indicou igualmente que a UE está comprometida a apoiar “os esforços internacionais destinados a promover a liberdade de expressão”.

Os vinte E oito, assinalou, “estão decididos a seguir utilizando todos os instrumentos financeiros externos para proteger e promover a liberdade de opinião e de expressão e para apoiar a liberdade de meios e o pluralismo”.

A italiana sublinhou, além disso, a necessidade de garantir e proteger “um acesso indiscriminado à informação e à liberdade de expressão para todos os indivíduos, tanto online como offline”. EFE