UE se preocupa com tensão na península da Coreia e pede que evitem provocaçõe

  • Por Agencia EFE
  • 21/08/2015 16h58

Bruxelas, 21 ago (EFE).- A União Europeia (UE) expressou nesta sexta-feira sua preocupação com “o aumento das tensões na fronteira” entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte, e pediu que “evitem provocações” na península coreana.

“Estamos monitorando a situação e estamos em estreito contato com nossos parceiros, incluído o governo sul-coreano”, através da delegação da UE em Seul e da embaixada da Coreia do Sul em Bruxelas, disse um porta-voz do Serviço de Ação Exterior e Política de Segurança da UE.

A Coreia do Norte ameaçou hoje tomar mais ações bélicas e deu um ultimato a Coreia do Sul após a troca de fogo de artilharia entre os dois países, enquanto Seul elevou o alerta ao máximo e prometeu responder com dureza novos ataques.

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, ordenou a suas tropas da primeira linha da fronteira que se preparem para o combate.

O Exército da Coreia do Sul, por sua vez, disse que responderá “com força” a qualquer tipo de ataque norte-coreano e advertiu a Coreia do Norte que “assumirá toda a responsabilidade” derivada de uma nova agressão ao Sul. EFE