Unesco pede investigação do assassinato de jornalista brasileiro

  • Por Agencia EFE
  • 27/05/2015 10h46

Paris, 27 mai (EFE).- A diretora geral da Unesco, Irina Bokova, condenou nesta quarta-feira o assassinato do jornalista de investigativo brasileiro Evany José Metzker e pediu uma “investigação minuciosa do crime”.

“Peço às autoridades que realizem uma investigação minuciosa sobre esse crime e levem seus culpados perante a justiça”, declarou em comunicado a máxima responsável da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O corpo de Metzker, de 67 anos, foi achado em 18 de maio no nordeste do Estado de Minas Gerais, decapitado e com vários sinais de violência cinco dias depois do desaparecimento do autor do blog de jornalismo “Coruja do Vale”.

“É importante para a sociedade evitar que permaneçam impunes os responsáveis de ataques violentos destinados a amordaçar a liberdade de imprensa”, acrescentou Bokova. EFE