Vai a 37 o número de mortos em acidente aéreo em Taiwan

  • Por Agencia EFE
  • 07/02/2015 04h49

Taipé, 7 fev (EFE).- A descoberta de dois novos corpos neste sábado nas águas do rio Jilong elevou para 37 o número de mortos no acidente de avião em Taipé, a capital de Taiwan, na última quarta-feira.

Os dois corpos foram achados depois que houve uma melhora nas condições meteorológicas na região, o que facilitou o trabalho dos serviços de resgate no entorno do local do acidente.

Nos primeiros dois dias, a chuva e o frio, inclusive com um pouco de gelo nas águas do rio, que são turvas e dificultam a visibilidade abaixo da superfície, complicaram o trabalho dos mergulhadores e de outros membros das equipes de busca.

O responsável pela operação, Lin Wan-fa, vice-secretário-geral do governo municipal, explicou hoje para a imprensa que o aumento das temperaturas ajudará a intensificar as tarefas de busca das seis pessoas que seguem desaparecidas, que já são dadas como mortas.

“Não vamos desperdiçar nenhuma oportunidade”, garantiu Lin para os jornalistas no local do acidente. Há cerca de 530 bombeiros e 131 mergulhadores participando da operação.

O turboélice ATR-72 600 da companhia taiwanesa TransAsia caiu no rio menos de três minutos depois de decolar. A aeronave transportava 58 pessoas e o balanço provisório é de 37 mortos, 15 feridos e seis desaparecidos.

As autoridades de aviação civil da ilha divulgaram ontem uma análise parcial das caixas-pretas do avião, indicando que a falha dos dois motores é a causa mais provável do acidente. EFE