Vaticano se prepara para canonizações de João Paulo II e João XXIII

  • Por Agencia EFE
  • 23/04/2014 19h44

Laura Serrano-Conde.

Cidade do Vaticano, 23 abr (EFE).- A Cidade do Vaticano preparou uma série de atos litúrgicos, encontros e entrevistas coletivas para celebrar as canonizações dos papas João Paulo II (1978-2005) e João XXIII (1958-1963), cuja cerimônia oficial será no próximo dia 27 de abril.

A semana de canonização começou oficialmente ontem com um encontro no Vaticano com jovens católicos de todo o mundo na Basília de São João de Latrão. No mesmo dia, Slawomir Oder, postulador da causa da canonização de João Paulo II, relatou detalhes do processo que levou o papa polonês aos altares.

A Universidade Pontifícia Urbaniana também prestará sua particular homenagem a estes papas na quinta e na sexta-feira com o ciclo de conferências “A Igreja na África pelo Concílio Vaticano II ao Terceiro Milênio. Homenagem da África aos Papas João XXIII e João Paulo II”.

Na sexta, os secretários de João XXIII, Loris Capovilla, e de João Paulo II, Stanislaw Dziwisz (ambos cardeais atualmente), explicarão à imprensa os detalhes da vida e do pontificado de ambos os papas.

No sábado dia 26, véspera das canonizações, o arcebispo de São José da Costa Rica, José Rafael Quirós, realizará uma missa para todos os peregrinos de língua espanhola na Igreja Nacional Espanhola de Santiago e Montserrat em Roma.

O protagonismo costarriquenho neste caso se justifica pela figura de Floribeth Mora, cidadã desse país que, oficialmente por um milagre de João Paulo II, se viu inexplicavelmente curada de uma grave doença.

Na noite do dia 26, começará o que a Santa Sé chamou de a “Noite Branca de Oração”, na qual 11 igrejas de Roma oferecerão homilias em seis idiomas: italiano, espanhol, português, inglês, francês e árabe.

E, por fim, ocorrerão as canonizações de João XXIII e João Paulo II em cerimônias para as quais é esperada a presença de centenas de milhares de peregrinos de todo o mundo, que se reunirão na Praça de São Pedro, na de Pio XII e ao longo da Via da Conciliação, que liga Roma ao Vaticano.

Não somente a Santa Sé organiza missas durante estes dias de festa. Os fiéis católicos que vão a Roma nestas datas também poderão ter sua particular forma de homenagear estes pontífices. Por exemplo, os jovens conhecidos como “papa boys” se reunirão durante todo o sábado na paróquia de Santa Maria das Graças para lembrar o pontificado de João Paulo II. Além disso, o site “papa boys 3.0” transmitirá ao vivo os atos para que sejam vistos por todos os jovens que não poderão ir à Cidade do Vaticano.

A rede mundial de televisão católica “EWTN” também vai exibir ao vivo os atos para todo o mundo, assim como o Vaticano, através de seu portal site oficial “www.2papisanti.org”.

Na segunda-feira seguinte às canonizações, o papa Francisco realizará uma eucaristia de Ação de Graças. EFE