Vaticano se reúne para analisar estatuto de sua Secretaria de Economia

  • Por Agencia EFE
  • 04/09/2014 16h07

Cidade do Vaticano, 4 set (EFE).- O Conselho para a Economia do Vaticano realizou nesta quinta-feira um encontro para analisar os estatutos da Secretaria, que terá a missão de reformar as atividades econômicas e administrativas da Santa Sé.

“Na reunião se analisaram os estatutos da Secretaria para a Economia, (da figura) do auditor geral e a integração dos serviços de Administração do Patrimônio da Sede Apostólica (APSA) no funcionamento da Secretaria de Economia”, afirmou a Santa Sé em seu site oficial. Os membros do conselho também definiram algumas indicações para a preparação de balanços financeiros.

O Conselho para a Economia é o órgão que tutela o “Ministério” de Economia da Santa Sé e foi criado pelo papa Francisco em fevereiro do ano passado, em uma reforma para resolver problemas administrativos da Igreja Católica. Ele é formado por 15 membros, oito cardeais e sete laicos.

Já a Secretaria foi apresentada como uma instância para dar credibilidade e transparência às contas e às posses do Vaticano. O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, explicou que o órgão também tem a função de “investir melhor as finanças vaticanas entre os pobres e marginalizados”. EFE