Ventania adia transfência de corpos em helicóptero americano no Nepal

  • Por Agencia EFE
  • 16/05/2015 13h41

Katmandu, 16 mai (EFE).- O exército do Nepal adiou para amanhã a transferência dos corpos de seis americanos e dois nepaleses mortos no acidente de um helicóptero dos Estados Unidos que participava dos trabalhos de resgate no país, devido ao forte vento no local da tragédia, situado a 3.400 metros de altura.

“Não conseguimos ter êxito pelas extremas condições meteorológicas”, informou neste sábado o corpo militar nepalês em comunicado.

Equipes do exército nepalês e da infantaria da Marinha americana retomarão amanhã a operação na remota região do distrito nordeste de Sindhupalchok onde ocorreu o acidente.

Os corpos das oito pessoas estão “irreconhecíveis”, segundo indicou a mesma fonte horas antes, quando comunicou o achado dos dois últimos corpos que até então continuavam desaparecidos.

O veículo sofreu um acidente na parte norte da montanha de Kalinchowk, entre os distritos de Sindhupalchowk e Dolakha, onde foi encontrado com a informação de moradores locais.

O helicóptero pertencia à infantaria da Marinha e tinha se juntado às operações de ajuda e resgate no Nepal das Forças Armadas dos Estados Unidos após o terremoto de 7,8 graus na escala Richter do dia 25 de abril, que causou mais de oito mil mortes e deixou milhares de feridos. EFE