Vigilante de minimercado é morto a tiros no ABC Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 11/03/2014 10h41

Um vigilante foi morto durante assalto a minimercado em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. O crime ocorreu no final da tarde desta segunda-feira dentro do minimercado da rede Extra, na Rua MMDC, número 638, na Vila Pauliceia.

Segundo a polícia, dois homens armados invadiram o estabelecimento e anunciaram o assalto, rendendo clientes e funcionários. A dupla recolheu o dinheiro que havia no caixa e, quando já se preparava para fugir, um deles disparou uma vez contra o vigilante da loja.

Atingido no abdômen, José Carlos Lourenço, de 47 anos, que estava uniformizado e não teria esboçado qualquer reação, morreu na hora. Testemunhas disseram ter visto os bandidos correndo até a rua de trás, onde entraram em um Golf vermelho e fugiram em direção à Favela Santa Cruz.

Policiais militares fizeram buscas na comunidade, onde localizaram o veículo e detiveram um suspeito, que foi encaminhado ao 5º Distrito Policial da cidade. Evaristo de Souza Neto, de 20 anos, que já tinha antecedentes criminais, foi reconhecido por testemunhas e autuado em flagrante por latrocínio.

O outro assaltante continua foragido; a arma usada no crime e o dinheiro levado do minimercado não foram encontrados. A polícia suspeita que pelo menos mais uma pessoa tenha participado do assalto, permanecendo no veículo, à espera dos comparsas para a fuga.

O Grupo Pão de Açúcar, que controla a rede Extra, emitiu nota, informando que o segurança era terceirizado, e que “acionou imediatamente o serviço médico e os órgãos competentes para providências”.

A empresa afirmou, também ,”que possui ações para coibir a ocorrência de delitos em suas lojas, tais como câmeras de vigilância e equipe treinada para acionar as autoridades competentes mediante qualquer atitude suspeita”.

*As informações são do repórter JOVEM PAN Paulo Edson Fiore