Violino Stradivarius avaliado em mais de US$ 5 milhões é recuperado

  • Por Agencia EFE
  • 06/02/2014 17h02

Washington, 6 fev (EFE).- Um violino Stradivarius de 300 anos e avaliado em cerca de US$ 5 milhões que foi roubado de um músico no mês passado em Wisconsin (EUA) foi recuperado em aparente bom estado, segundo informou nesta quinta-feira o jornal local “Milwaukee Journal Sentinel”.

A polícia deteve três pessoas, dois homens de 42 e 36 anos e uma mulher de 32, por conexão com o roubo. Espera-se que os três sejam formalmente acusados na sexta-feira.

Um dos detidos foi relacionado com um caso anterior de roubo de obras de arte.

Segundo o canal local da “NBC”, um dos suspeitos confessou às autoridades onde tinha escondido o instrumento, em uma das casas dos detidos, no norte de Milwaukee.

O violino, fabricado em 1715 em Cremona (Itália), tinha sido cedido a Frank Almond, primeiro violinista e solista da Orquestra Sinfônica de Milwaukee.

Uma mulher e um homem renderam Almond ao término de uma atuação no Colégio Universitário de Wisconsin em 27 de janeiro.

Almond foi atacado com uma arma de descargas elétricas e teve o instrumento roubado, conhecido no mundo musical como um Lipinski Stradivarius.

Os investigadores suspeitaram dos três após a pista de um roubo executado por especialistas em substrair obras de arte e consideravam que a venda do instrumento era muito difícil. EFE