Voluntária de Médicos sem Fronteiras infectada por ebola chega a Oslo

  • Por Agencia EFE
  • 07/10/2014 13h21

Copenhague, 7 out (EFE).- A voluntária norueguesa de Médicos sem Fronteiras (MSF) infectada com o vírus do ebola em Serra Leoa chegou a Oslo nesta terça-feira e já está internada em uma unidade de isolamento do Hospital Universitário de Ullevaal.

A mulher, que não teve a identidade revelada, chegou em um avião francês alugado pela organização médica e foi transferida ao hospital em uma ambulância com escolta policial.

“O transporte do Aeroporto de Gardermoen foi conforme o planejado, a paciente está instalada em Ullevaal e nas melhores mãos”, afirmou em entrevista coletiva a subdiretora do hospital, Cathrine Lofthus.

A direção do hospital preferiu manter o nome da profissional em sigilo e não dar detalhes concretos sobre seu estado de saúde. Cathrine Lofthus informou que o centro médico continuará funcionando normalmente.

A secretária-geral de MSF na Noruega, Anne Cecilie Kaltenborn, disse que a paciente está “com bom ânimo”, apesar das circunstâncias. Conforme a informação dada pela própria organização humanitária, a voluntária foi posta em isolamento no domingo, após ter febre. No mesmo dia, através de teste, foi confirmada a contaminação. MSF avalia agora em que circunstâncias a voluntária, que trabalhava em Bo, uma das maiores cidades de Serra Leoa, foi contagiada.

A Agência Noruega de Remédios informou que solicitou três tipos de coquetéis de anticorpos para tratar à paciente. Ela poderia receber a última dose de ZMapp disponível até o momento. EFE