Volvo Cars mostra projeto de condução autônoma pela primeira vez no país

  • Por João Guimarães/Jovem Pan
  • 29/10/2014 12h40
Volvo apresenta tecnologia Drive-Me

O estande da Volvo Cars na 28ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo está focado nas inovações tecnológicas da montadora. Quem visitar o espaço irá reparar que o local está divido em três partes: Sensus, IntelliSafe e Drive-E, tratando, respectivamente, de conectividade, entretenimento e segurança.

No quesito conectividade, o destaque fica para o Volvo On Call. Serviço que já opera no país e ajuda no rastreamento do veículo em caso de roubo.

De acordo com o diretor de Relações Governamentais e Serviços aos Clientes, Jorge Mussi, a empresa recupera 100% dos carros roubados. “Em 93% do carros, os clientes já tinham seus carros de volta em três horas”, diz.

O grande destaque montadora, no entanto, é a exibição do veículo de teste do projeto Drive-Me, de condução autônoma. Segundo a montadora, o modelo é parte de um grande programa que prevê 100 veículos autônomos rodando em Gotemburgo, na Suécia, em 2017, com consumidores comuns.

Equipado com sensores especiais, o veículo, nesta fase do projeto, dispensa o motorista em determinadas condições de trajeto. De acordo com Mussi, trata-se da primeira exibição de um carro de condução autônoma no País. “O carro apresentado no Brasil está apto a andar seguindo as faixas, adaptando-se à velocidade do trânsito e interagindo com os outros veículos por conta própria”, afirma Mussi. “Trazer esse carro para o País é uma possibilidade de mostrar uma das várias tecnologias futuras da Volvo Cars que já estão se tornando realidade.”