Vulcão Tungurahua tem forte explosão e lança cinzas no Equador

  • Por Agencia EFE
  • 05/04/2014 03h24

Quito, 4 abr (EFE).- O vulcão Tungurahua, no Equador, teve nesta sexta-feira uma forte explosão e uma erupção de cerca de cinco minutos, com o lançamento de rochas incandescentes e de uma coluna de cinzas de dez quilômetros acima do nível da cratera, informou o Instituto Geofísico (IG) do país.

A explosão aconteceu às 18h10 locais (20h10 de Brasília) e as rochas pulverizadas (fluxos piroclásticos) desceram pelas encostas dos flancos noroeste e norte do vulcão, segundo o órgão.

Às 18h16 (20h16 de Brasília) aconteceu outra pequena erupção de quatro minutos de duração, enquanto às 18h24 (20h24 de Brasília) foi registrado um leve tremor de emissão contínua, segundo o IG, que acrescentou que durante o dia ocorreram cinco explosões moderadas.

A instituição disse que houve precipitação de fragmentos de rocha em Bilbao e Cusúa, e de cinzas em Píllaro.

Em fevereiro, o vulcão experimentou outro aumento de suas atividades com explosões e emissão de cinzas, que atingiram várias regiões do país, inclusive a capital Quito, a 180 quilômetros de distância da montanha.

O Instituto Geofísico mantém uma estreita vigilância sobre o comportamento do Tungurahua, cujo processo de erupção começou em 1999 e se caracterizou por intercalar momentos de grande atividade com lapsos de relativa calma.

O Tungurahua, de 5.016 metros de altitude e situado no centro dos Andes equatorianos, é um dos mais de 50 vulcões que existem no país.