VW nega violações adicionais em testes de emissões

  • Por Agência Estado
  • 02/11/2015 19h01
Matthias Müller

O Grupo Volkswagen negou as novas alegações da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA, na sigla em inglês) de que tenha instalado softwares para manipulação de testes de emissões em mais de 10 mil veículos movidos a diesel.

Segundo a EPA, carros das marcas Volkswagen, Audi e Porsche, com modelos entre os anos de 2014 e 2016, teriam o dispositivos para fraudar testes de emissões de poluentes. O regulador disse que os testes apontaram para emissões de óxido de nitrogênio até nove vezes superior que o padrão da agência.

A Volkswagen contestou as declarações da EPA, dizendo que não instalou qualquer software nos motores recém identificados. A empresa também se comprometeu a cooperar com a agência. Fonte: Dow Jones Newswires.