Briga encarniçada pelo segundo turno na eleição paulistana

  • Por Jovem Pan
  • 29/09/2016 11h21
Marta

Embolou tudo na eleição paulistana. Há uma briga encarniçada pelo segundo turno.

Segundo pesquisa Ibope, Doria teria vaga assegurada no segundo turno se o pleito fosse hoje. Russomanno, Marta e Haddad disputam uma vaga.

Os últimos dias de campanha devem ser eletrizantes.

Haddad concentrou todos os seus ataques à ex-companheira de partido e agora adversária Marta Suplicy. O prefeito acusa a senadora do PMDB de ser partidária do projeto de Michel Temer que suprime direitos trabalhistas.

Já Marta concentra todos os seus exércitos para atacar a cidadela de Russomanno. Ela praticamente conseguiu tirar o candidato do PRB da propaganda eleitoral nos últimos dias de campanha, graças a decisões judiciais que lhe deram direitos de resposta no lugar de seus adversários.

Com isso, ganha importância o debate na Globo que será realizado na noite desta quinta (29).

Não é de se estranhar se Marta fizer um clamor pelo voto útil nessa fase final. Pois Haddad tem uma rejeição muito superior a ela. A ex-petista diria que é a única do chamado campo de esquerda capaz de enfrentar Doria com alguma chance no segundo turno.

Já o Prefeito deve usar a máquina petista para tentar chegar ao segundo turno. Ele tem sindicatos, uma grande máquina de funcionários e a presença do ex-presidente Lula, que deu um chacoalhão no aliado e disse que ele “tinha uma campanha para ganhar”.

Resta esperar para ver como será a segunda fase da disputa.